Miguel Avila

Criolipólise e a redução eficaz de gordura localizada

Miguel Avila
É dermatologista, graduado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com residência em dermatologia na Santa Casa de Porto Alegre. É pós-graduado em Dermatocosmiatria na Faculdade de Medicina do ABC e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia 
contato@clinicamiguelavila.com.br
A criolipólise está chamando cada vez mais atenção das mulheres, isso graças a segurança e eficácia da mesma. Vou responder algumas das perguntas mais frequentes a cerca desse método revolucionário para redução de gordura corporal.

O que é criolipolise?
A criolipólise é uma técnica moderna usada na redução da gordura localizada. Consiste basicamente no uso do frio que, em temperaturas negativas, congela a gordura e provoca a sua ​redução.

Como é feita a criolipólise?
Primeiro se coloca uma manta protetora sobre a pele. Em seguida se acopla uma ponteira que usa vácuo para puxar a pele e mantê-la sob resfriamento. A gordura fica em temperatura negativa em torno de uma hora. Depois, é só retirar o aparelho e fazer uma massagem local.

Qualquer pessoa pode fazer?
Praticamente todas as pessoas podem, exceto aquelas com doenças ​ocasionadas pelo frio, algumas outras doenças raras, além de grávidas e lactantes.

A criolipólise é indicada para quem quer emagrecer?
A criolipólise é ideal para tratar os acúmulos localizados de gordura e não é um procedimento para quem quer emagrecer. Quem está levemente acima do peso pode ter bons resultados e melhorar o contorno corporal.

Que partes do corpo podem ser tratadas?
A região mais comum é o abdome, tanto a barriguinha quanto as laterais ou flancos. Coxas, culotes, costas, braços e a gordurinha do sutiã também podem ser tratadas.

É um procedimento dolorido?
Existe um incômodo inicial causado pelo vácuo que puxa a pele, mas que alivia após uns 5 minutos. Algumas pessoas sentem uma leve ardência após a aplicação​, que passa conforme a pele volta a temperatura normal.

O resultado é imediato?
Espera-se uma redução na gordura tratada em torno de 25%. Mas os resultados começam a ser vistos após 30 dias, chegando a um máximo, 60-90 dias após.

Tem algum efeito colateral?
A criolipólise, se realizada adequadamente, é um procedimento seguro, com efeitos colaterais raros. Eventualmente a pele pode ficar roxa e levemente dolorida, o que dura alguns dias. Há relatos de queimadura, mas uma boa avaliação prévia, com a correta indicação do procedimento, geralmente previne esse problema.

Por fim, a criolipólise ​é um dos procedimentos mais procurados na atualidade, especialmente por quem não quer fazer lipoaspiração.

Pode ser feita juntamente com outros tratamentos e a combinação proporciona resultados melhores ainda.

​​Mas lembre-se, procure um profissional capacitado e fique atento as promessas milagrosas e preços abaixo do valor de mercado. Não coloque em risco a sua saúde.

Leia por assunto:

Comentários