16/05/13 09h44 16/05/13 12h09

Cursinho Popular, apoiado pela Prefeitura de Porto, já aprovou 100 alunos em concursos e vestibulares

Projeto conta com 425 alunos e ainda tem a dedicação voluntária de 16 professores
Da Redação

Fundado ainda em 2007, o Cursinho Popular conta com a parceria da Prefeitura de Porto Nacional e continua a preparar um futuro mais igualitário para um significativo número de jovens e adultos portuenses. “Estamos criando uma nova realidade", garantiu o vereador Professor Sebastião.

Segundo ele, com esta ação, o projeto implanta o princípio da educação gratuita e de qualidade, que vem preparando os estudantes para o ingresso nas universidades, nos concursos públicos, promovendo assim, autonomia social, política, financeira e profissional.

Foto: Divulgação

Professor Sebastião com seus alunos:  “Estamos criando uma nova realidade"

“Além da parceria com a Prefeitura Municipal de Porto Nacional, temos também um forte elo de cidadania com 11 professores voluntários, que juntamente com escolas estaduais e municipais, estão criando solidificadas condições para que este Cursinho Popular seja uma realidade gratificante para nossa coletividade”, defendeu ele.

Capacitando profissionais
Para o prefeito Otoniel Andrade, o Cursinho Popular é uma iniciativa de cidadania e de civilidade, "uma verdadeira ação educacional em favor das camadas mais carentes de Porto Nacional". “É por tudo isso que desde a sua implantação apoiamos esta ideia de inclusão social e de formação de nossas futuras gerações", afirmou.

Ele contou que, após assumir a prefeitura, firmou uma parceria institucional como esta plataforma educacional, e juntamente com o vereador Professor Sebastião, está buscando criar condições para que os estudantes se capacitem "como profissionais competentes, como líderes e como homens de negócios". "E assim poderemos contribuir qualitativamente para o contínuo engrandecimento e desenvolvimento de nossa sociedade”, defendeu Otoniel.

Estrutura social
O Cursinho Popular é uma iniciativa do vereador Professor Sebastião, com sede no Colégio Estadual Pedro Ludovico Teixeira, no Setor Novo Planalto, em Porto Nacional, e conta com 425 alunos divididos em quatro turmas de estudantes, que freqüentam as salas de aula nos sábados e domingos, das 14 às 16 horas. O projeto ainda tem a dedicação voluntária de 16 professores.

O empreendimento social já possibilitou a aprovação de 100 alunos em concursos públicos e vestibulares. “Costumo afirmar que são 100 novos profissionais buscando seu espaço no mercado de trabalho”, definiu Professor Sebastião. 
  • 1º) comentário por em 16/05/13 10h37
    Parabéns aos idealizadores do projeto. Não há melhor instrumento de transformação melhor que a educação. Através dela será possível termos uma sociedade igualitária e instruída, coisa que muitos políticos temem. Ideia que deve ser copiada para todo o Estato de Brasil.
    (Usuário identificado pelo IP: 201.88.201.77)
  • 2º) comentário por em 16/05/13 11h09
    Parabéns aos idealizadores do projeto
    (Usuário identificado pelo IP: 201.67.45.151)
  • 3º) comentário por em 16/05/13 11h41
    Belo projeto, isse é o caminho. É confortante ver um professor que ganha tão pouco em relação a um deputado e ainda acha tempo e forças para ser voluntário em projetos dessa importância. Os Dep só acham tempo nas eleições. Se tivesse um projeto desses em Palmas gostaria de participar.
    (Usuário identificado pelo IP: 189.65.205.7)
  • 4º) comentário por em 16/05/13 15h22
    Parabéns ao Professor Vereador; Um dos unicos! Parabéns.
    (Usuário identificado pelo IP: 187.28.144.250)
  • 5º) comentário por em 16/05/13 17h49
    Janair Pereira existe curso parecido com esse no IFTO, é um Projeto chamado PSID, do Professor Max Obesso, acessa o site da instituição.
    (Usuário identificado pelo IP: 200.163.71.106)
  • 6º) comentário por em 16/05/13 20h21
    Parabéns Professor Sebastião, Falo professor, sim! Pois antes de ser um vereador você é um excelente professor e nunca abanonou este ofício, e por isso você é especial!! Precisamos mais de você como professor do que como parlamentar, não nos abandone!!! abraço!!!
    (Usuário identificado pelo IP: 189.10.85.215)