16/05/13 09h44 16/05/13 12h09

Cursinho Popular, apoiado pela Prefeitura de Porto, já aprovou 100 alunos em concursos e vestibulares

Projeto conta com 425 alunos e ainda tem a dedicação voluntária de 16 professores
Da Redação

Fundado ainda em 2007, o Cursinho Popular conta com a parceria da Prefeitura de Porto Nacional e continua a preparar um futuro mais igualitário para um significativo número de jovens e adultos portuenses. “Estamos criando uma nova realidade", garantiu o vereador Professor Sebastião.

Segundo ele, com esta ação, o projeto implanta o princípio da educação gratuita e de qualidade, que vem preparando os estudantes para o ingresso nas universidades, nos concursos públicos, promovendo assim, autonomia social, política, financeira e profissional.

Foto: Divulgação

Professor Sebastião com seus alunos:  “Estamos criando uma nova realidade"

“Além da parceria com a Prefeitura Municipal de Porto Nacional, temos também um forte elo de cidadania com 11 professores voluntários, que juntamente com escolas estaduais e municipais, estão criando solidificadas condições para que este Cursinho Popular seja uma realidade gratificante para nossa coletividade”, defendeu ele.

Capacitando profissionais
Para o prefeito Otoniel Andrade, o Cursinho Popular é uma iniciativa de cidadania e de civilidade, "uma verdadeira ação educacional em favor das camadas mais carentes de Porto Nacional". “É por tudo isso que desde a sua implantação apoiamos esta ideia de inclusão social e de formação de nossas futuras gerações", afirmou.

Ele contou que, após assumir a prefeitura, firmou uma parceria institucional como esta plataforma educacional, e juntamente com o vereador Professor Sebastião, está buscando criar condições para que os estudantes se capacitem "como profissionais competentes, como líderes e como homens de negócios". "E assim poderemos contribuir qualitativamente para o contínuo engrandecimento e desenvolvimento de nossa sociedade”, defendeu Otoniel.

Estrutura social
O Cursinho Popular é uma iniciativa do vereador Professor Sebastião, com sede no Colégio Estadual Pedro Ludovico Teixeira, no Setor Novo Planalto, em Porto Nacional, e conta com 425 alunos divididos em quatro turmas de estudantes, que freqüentam as salas de aula nos sábados e domingos, das 14 às 16 horas. O projeto ainda tem a dedicação voluntária de 16 professores.

O empreendimento social já possibilitou a aprovação de 100 alunos em concursos públicos e vestibulares. “Costumo afirmar que são 100 novos profissionais buscando seu espaço no mercado de trabalho”, definiu Professor Sebastião.