cdl novo

Como eliminar a gordura localizada na barriga?

RAIMUNDA CARVALHO, DA REDAÇÃO 09 de May de 2017 - 11h15, atualizado às 16h16
Compartilhe
Bárbara Paixão de Gois Fayad
Graduada em Nutrição pela Universidade Federal do Tocantins
Pós Graduata em Fitoterápicos Aplicados a Estética e Prática Esportiva pela Faculdade Unyleya

MIGUEL AVILA
É dermatologista, graduado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com residência em dermatologia na Santa Casa de Porto Alegre. É pós-graduado em Dermatocosmiatria na Faculdade de Medicina do ABC e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia
[email protected] 

Uma reclamação frequente entre homens e mulheres que querem emagrecer é quanto a gordura abdominal. Todos sonham com a famosa “barriga de tanquinho” e a frustração após passar horas na academia e não ver resultados é recorrente.

Muita gente pede que eu ensine uma receita para queimar gordura,  especificamente a localizada na barriga.

Não há como perder a gordura somente numa determinada região do corpo. Inevitavelmente iremos perder gordura em outras regiões e, como consequência, também reduzir medidas no abdômen e cintura. A não ser que se recorra a algum procedimento estético ou cirúrgico, isso não vai acontecer...

Se o seu objetivo é perde a barriga, então considere mudar sua alimentação e seus hábitos de vida. Nada de suco seca barriga, chá seca barriga e outras propostas milagrosas que você vê por aí. Se fosse assim tão fácil, todo mundo teria a barriga sarada, né mesmo?

Por que será que mesmo se matando de treinar muitas pessoas não conseguem chapar a barriga? Acontece que a gordura abdominal é realmente mais difícil de ser eliminada, vários estudos comprovam que o aumento da gordura nessa região está ligado a diversos fatores, ambientais, hormonais, dentre outros. Ou seja, para se livrar da barriguinha que incomoda é preciso reduzir (ou eliminar, para resultados mais rápidos) o consumo de doces, refrigerantes, sucos de caixa, pães, massas, açúcares, cerveja e outras bebidas alcóolicas, dentre outros 
industrializados; estes alimentos são os principais responsáveis pelo acumulo de gordura na barriga.

É preciso comer mais proteínas de qualidade em cada refeição. A proteína estimula o metabolismo, reduz o apetite e modula vários hormônios reguladores do peso. Não se esqueça dos alimentos ricos em fibras, eles vão ajudar a reduzir aquele apetite de leão. O consumo de água também deve ser adequado, ficar sem beber água desregula o intestino e faz com que a barriga fique inchada. O consumo de carboidratos deve ser moderado, sempre preferindo os integrais.

Além de todas essas mudanças na alimentação é preciso ter boas horas de sono e se sentir relaxado. Nada de estresse, ele faz que nosso corpo libere cortisol que está ligado com o acúmulo de gordura visceral.  É bem complexo né? E poucas pessoas tem a determinação para seguir isso à risca e eliminar a danada da barriguinha! Não existe uma fórmula milagrosa, mas sim um conjunto de fatores e práticas que levam aos resultados almejados.

A reeducação alimentar começa com pequenas mudanças e quando você menos espera, os resultados dessas mudanças começam a aparecer.

Assista vídeo

Comentários

Redação: Palmas, Tocantins, Brasil, +55 (63) 9 9219.5340, +55 (63) 9 9216.9026, [email protected]
2005 - 2017 © Cleber Toledo • Política com credibilidade
ArtemSite Agência Digital