Prefeitura de Palmas

Ricardo Ayres deve assumir Desenvolvimento Urbano; José Messias foi exonerado

Espaço para suplentes pessebistas na Assembleia foi acordo interno do partido

Luís Gomes
Da Redação

O prefeito Carlos Amastha (PSB) confirmou na segunda-feira, 2, que o deputado Ricardo Ayres (PSB) irá integrar a administração em 2017, mas sem revelar a pasta. O CT entrou em contato com o parlamentar que apesar de informar que o destino está definido, evitou comentar o assunto até que fosse feito o anúncio pelo chefe do Executivo da Capital. A mudança fará com que o ex-secretário e presidente metropolitano do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Alan Barbiero, assuma cadeira na Assembleia Legislativa.

Foto: Divulgação/Assembleia
Ricardo Ayres não quis confirmar que pasta assumirá na Prefeitura de Palmas

Enquanto esteve na estrutura administrativa de Palmas, Alan Barbiero assumiu a área de Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Humano (Seplag); entretanto, não se ventila a possibilidade de Ricardo Ayres assumir a pasta, que está a cargo de Germana Pires. Nos bastidores é defendido que o destino do deputado será a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semdus). A tese ganha força com a exoneração de José Messias do cargo de secretário, publicado no Diário Oficial de Palmas do dia 31 de dezembro de 2016.

Caso seja confirmada a sua presença, Ricardo Ayres pode na Semdus manter a sua relação com Porto Nacional, já que a pasta centraliza as discussões da região metropolitana. O deputado também pode dar bom trânsito à Prefeitura de Palmas com o governo do Estado sobre a regularização fundiária de alguns setores da Capital. O pessebista tem boa relação com o Palácio Araguaia e já fez parte da estrutura administrativa de Marcelo Miranda (PMDB) por quatro anos.

Sem confirmar o destino, Ricardo Ayres destacou que a mudança de pessebistas na Assembleia Legislativa tinha sido um compromisso feito internamente no partido. A legenda não fez coligação nas eleições de 2014. “Alan Barbiero foi um grande reitor, tem preparo e vai representar muito bem o PSB”, resumiu o ainda deputado. A mudança na administração da Capital feita por Carlos Amastha aponta para 2018; dá espaço e visibilidade para dois dos principais nomes da agremiação.

Leia por assunto:

Comentários