Tonolucro

Após pedido de Carlesse, governo presta informações sobre empréstimo à AL

Executivo quer pegar R$ 453.240.000 junto à Caixa e R$ 146.760.000 do Banco do Brasil

LUÍS GOMES, DA REDAÇÃO 18 de May de 2017 - 18h01, atualizado às 12h06
Compartilhe
Da Redação

A Assembleia Legislativa recebeu informações do governo do Estado sobre as obras que serão beneficiadas com recursos provenientes de empréstimos bancários, que somam R$ 600 milhões, cuja autorização foi pedida à Casa de Leis. A solicitação de esclarecimentos ao Executivo foi feito pelo presidente do Parlamento, deputado Mauro Carlesse (PHS), ainda em abril.

Foto: Divulgação/Assembleia Legislativa
Carlesse: "Nossa preocupação é dar total transparência ao processo, promovendo a isenção e o zelo necessários"

Por meio de ofício, o presidente da Assembleia Legislativa solicitou detalhes sobre as obras a serem realizadas no Estado com recursos provenientes dos empréstimos de R$ 453.240.000, junto à Caixa Econômica Federal, e de R$ 146.760.000, do Banco do Brasil. O objetivo do pedido, segundo Carlesse, foi munir o Legislativo com dados que favoreçam uma avaliação mais precisa a respeito dos Projetos de Lei que autorizam o Executivo a contrair os empréstimos.

“A medida visa a dar mais transparência ao processo legislativo, responsável por autorizar o Executivo a fazer empréstimos em instituições financeiras. O detalhamento da aplicação desses recursos é muito importante para o estudo da matéria e deliberações legislativas. Além disso, é de interesse da sociedade saber antecipadamente as intenções do governo quanto à aplicação de verbas públicas. Portanto, nossa preocupação é dar total transparência ao processo, promovendo a isenção e o zelo necessários na aplicação dos recursos públicos”, explicou Carlesse.

De posse das informações prestadas pelo governo, os deputados vão analisá-las, uma a uma. Caso sejam suficientes, o projeto continuará tramitando na Assembleia. Caso contrário, a Casa fará nova solicitação de informações.

Entenda
Os pedidos de empréstimos deram entrada na Assembleia sem qualquer informação sobre a destinação dos recursos. Em função do montante, Carlesse solicitou o detalhamento da aplicação dos recursos, motivo pelo qual o presidente da Casa de Leis oficiou o Palácio Araguaia requerendo informações detalhadas a respeito da destinação do recurso, especialmente as obras a serem realizadas.

Comentários

Redação: Palmas, Tocantins, Brasil, +55 (63) 9 9219.5340, +55 (63) 9 9216.9026, [email protected]
2005 - 2017 © Cleber Toledo • Política com credibilidade
ArtemSite Agência Digital