cdl novo

Caravana da Juventude vai às aldeias conscientizar sobre a prevenção ao suicídio

Governador Marcelo Miranda recomendou uma atenção especial por parte do grupo aos povos indígenas

DA REDAÇÃO 13 de Sep de 2017 - 11h34, atualizado às 11h51
Compartilhe
Foto: Lia Mara/Secom Tocantins
Integrantes da Caravana da Juventude que atuarão nas aldeias se reuniram com o governador Marcelo no Palácio
A Caravana da Juventude vai desenvolver ações neste mês nas aldeias Canoanã, Boto Velho e Barreira da Cruz, dentro da proposta do Setembro Amarelo, campanha do governo federal que visa a conscientização sobre a importância da prevenção ao suicídio.

Em decorrências de suicídios nas aldeias do Estado, o governador Marcelo Miranda (PMDB) recomendou uma atenção especial por parte da Caravana da Juventude voltada para os povos indígenas. A observação foi feita nessa terça-feira, 12, durante reunião com integrantes da Caravana da Juventude que atuarão nas aldeias, representantes 22º Batalhão de Infantaria do Exercito e do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei), parceiros do projeto nesta fase voltada para a comunidade indígena.

Para Marcelo Miranda, o governo tem que estar próximo da sociedade e as parcerias são vitais para o sucesso de programas dessa natureza. “A união de forças com o Exército e com os profissionais do Distrito Sanitário Especial Indígena é fundamental para a realização dessa fase do programa. É importante a participação de todos os segmentos em busca de políticas públicas para os nossos jovens, especialmente, para os indígenas”.

O comandante do 22º Batalhão de Infantaria do Exército, tenente coronel Athos Roberto Souza, avaliou como importante a participação do Exército nessa iniciativa. “O nosso batalhão é denominado Batalhão Tocantins e temos essa missão de apoiar ações sociais, especialmente as voltadas para os indígenas”, pontuou ele, explicando que a corporação vai ficar responsável por toda a estrutura logística para a realização das ações nas aldeias.

A enfermeira-chefe da Divisão de Atenção à Saúde, da Secretaria Especial de Saúde Indígena, Maria Maviolene Gonçalves, assegurou que a iniciativa é de extrema importância, principalmente em um mês em que já é realizada as ações de educação e saúde, voltadas para o programa Setembro Amarelo. “É bastante elevado o número de suicídios nas comunidades indígenas, daí a importância em se falar sobre esse assunto”.

Ricardo Ribeirinha, superintendente de Juventude, da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), explicou que essas ações são uma determinação do governador Marcelo Miranda, que atendem ao Estatuto da Juventude. “A Caravana é um desejo do governador, para que se possa reduzir os índices de vulnerabilidade e também uma reivindicação dos jovens do Estado”, disse, explicando que as ações envolvem todos os segmentos jovens e este mês o desafio é levar ações mais eficazes para as comunidades indígenas, bastante suscetíveis a casos de suicídio.

Caravana
A intenção do Projeto é levar a todos os 139 municípios do Tocantins programas que já existem na estrutura governamental, provocando o fortalecimento das ações de juventude com diversos benefícios, como emissão de carteira de identidade, palestras motivacionais, distribuição de cartilhas preventivas e a divulgação do projeto do Governo Federal Identidade Jovem (ID Jovem). A expectativa é que 177 mil jovens sejam beneficiados.

Com o propósito de debater temas atuais e pertinentes ao universo juvenil, a Caravana da Juventude vem levando aos municípios do Estado uma série de ações que visam estabelecer um canal de diálogo e uma aproximação dos jovens com o poder público estadual. A caravana é formada por uma equipe multidisciplinar composta por psicólogo, enfermeira, secretários de Estado, entre outros.

Parceiros
O Caravana da Juventude envolve diversas pastas do Governo do Estado e trabalha em parceria com os municípios e movimentos sociais, para promover, por meio de políticas públicas, a cidadania entre os jovens tocantinenses, levar informação sobre questões relevantes e conscientizar os adolescentes sobre os cuidados com a saúde, despertando o interesse pela educação, além de oferecer benefícios sociais.

São parceiros da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes na execução da Caravana da Juventude nas escolas: Secretaria de Estado da Administração (Secad), Secretaria de Estado da Saúde (SES), Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Polícia Militar (PM), Diretorias Regionais de Educação (DREs), Prefeituras Municipais, Secretaria Nacional de Juventude e Unesco. (Com informações da Secom Tocantins)
 

Comentários

Redação: Palmas, Tocantins, Brasil, +55 (63) 9 9219.5340, +55 (63) 9 9216.9026, [email protected]
2005 - 2017 © Cleber Toledo • Política com credibilidade
ArtemSite Agência Digital