Tonolucro

Em João Pessoa, Amastha discute cooperação administrativa com prefeitos

No encontro, gestor municipal disse que Palmas foi pensada levando em consideração os próximos 50 anos

DA REDAÇÃO 11 de Aug de 2017 - 15h15, atualizado às 16h31
Compartilhe
Foto: Secom Palmas
Amastha está em João Pessoa onde participa do I Encontro de Prefeitos da Iniciativa de Cidades Emergentes e Sustentáveis

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), já está na capital paraibana onde nesta sexta, 11, participa do I Encontro de Prefeitos da Iniciativa de Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES) desenvolvida pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em parceria com a Caixa Econômica Federal. O evento tem como proposta a troca de experiências e cooperação administrativa entre as prefeituras da ICES: Palmas, João Pessoa, Vitória (ES) e Florianópolis (SC).

De acordo com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), que é anfitrião e organizador do encontro, a ideia de realizar o evento surgiu durante o Fórum Internacional de Prefeitos promovido pelo BID em Santander (Espanha), em junho passado. “Decidimos promover esta articulação nacional porque é fundamental que cada gestor prepare sua cidade para o futuro e deixe um legado de planejamento para as novas gerações. Para nós, é fundamental pensar a cidade para além de nossas gestões”, ressaltou Cartaxo.

Esse é o mesmo sentimento partilhado por Amastha, que, desde o início de sua primeira gestão à frente da Prefeitura de Palmas, tem buscado parcerias e planejando ações a médio e longo prazo com foco no desenvolvimento sustentável.

A inserção de Palmas na ICES resultou num plano de ação para nortear o desenvolvimento sustentável da capital tocantinense para as próximas cinco décadas, com base em pesquisas, estudos e diagnósticos realizados pelas consultorias internacionais: Institutos Pólis e IDOM e técnicos da Prefeitura.

Palmas daqui a 50 anos
“Palmas foi pensada levando em consideração os próximos 50 anos. É a garantia do nosso futuro. Temos uma base de metodologia e diagnósticos que podem ser aplicados continuamente na evolução da cidade e que podem ser avaliados e acompanhados ao longo do tempo”, ressalta Amastha, referindo-se a temas como mobilidade e transporte; desigualdade urbana, uso do solo, ordenamento territorial; gestão pública moderna; competitividade econômica; segurança; energia e educação. O aporte de investimento através da ICES é de R$ 3 bilhões para Palmas.

Amastha está acompanhado dos secretários municipais de Finanças, Christian Zini, e de Planejamento e Desenvolvimento Humano, Cláudio Schüller. O evento conta ainda com as participações dos prefeitos de Florianópolis, Gean Loureiro (PMDB), de Vitória, Luciano Rezende (PPS), também acompanhados por secretários responsáveis pela implantação dos planos municipais. (Com informações da Secom Palmas)

Comentários

Redação: Palmas, Tocantins, Brasil, +55 (63) 9 9219.5340, +55 (63) 9 9216.9026, [email protected]
2005 - 2017 © Cleber Toledo • Política com credibilidade
ArtemSite Agência Digital