Tonolucro

Marlon Reis recebe associações militares e discute sobre passivos do funcionalismo

LUÍS GOMES, DA REDAÇÃO 10 de Jan de 2018 - 08h38, atualizado às 09h01
Compartilhe
Foto: Divulgação/Ascom
Geanderson Barbosa, do ACEJBM; Raimundo Sulino, da Asmir; Marlon Reis; e Joaidson Torres de Albuquerque, presidente da Aometo (esq. para dir.)

O advogado Marlon Reis (Rede Sustentabilidade) segue com a agenda de pré-candidato ao governo do Estado e nesta terça-feira, 9, esteve reunido com representantes de três associações militares. Uma nova conversa está prevista para que membros das corporações ajudem o Rede Sustentabilidade a montar a proposta de um plano de governo para o Tocantins.

Estiveram presentes neste primeiro contato membros da Associação dos Militares da Reserva, Reformados, da Ativa, e Pensionistas (Asmir), a Associação dos Oficiais Militares (Aometo) e a Associação de Cooperação, Estudos e Defesa Jurídica dos Bombeiros (ACEJBM); representadas respectivamente por Raimundo Sulino dos Santos, Joaidson Torres de Albuquerque e Geanderson Barbosa Cardoso. Segundo a assessoria, os presidentes se mostraram predispostos a ajudar na construção do plano de governo.

“O povo precisa e merece uma gestão pública de qualidade e arrojada que respeite os direitos dos servidores públicos, especialmente quanto aos recebimentos dos passivos que o Estado deve a todos os funcionários públicos. Estou certo de que juntos encontraremos formas de resolver e por fim ao jogo de empurrar para o governo seguinte as responsabilidades contraídas pelos antecessores”, garantiu Marlon Reis na reunião.

 

Comentários

Redação: Palmas, Tocantins, Brasil, +55 (63) 9 9219.5340, +55 (63) 9 9216.9026, [email protected]
2005 - 2018 © Cleber Toledo • Política com credibilidade
ArtemSite Agência Digital